Domingo, 17 de Janeiro de 2010

Camões, com “Os Lusíadas”, pretendia  exaltar a sua pátria repleta de gente que, desde os primórdios dos tempos, se vinha destacando por cometer  “feitos valorosos”, como os bravos navegadores que abriram novos mundos, descobrindo”mares nunca antes navegados”. O poeta pretendia também alertar a geração sua contemporânea a recuperar a grandeza do “ peito ilustre lusitano”.

Pessoa escreve a “Mensagem”, num tempo de “nevoeiro”, em que Portugal era “um fulgor baço de terra a entristecer”, exaltando a Pátria e heróis que selecciona como mitos significativos, na esperança de criar um Quinto Império cultural /espiritual, que fosse a cabeça da Europa,  porque só assim seria possível descobrir “a Índia nova”, a pátria invencível , porque comandada por “almas de generais de espírito ”.

 

Miguel 12ºA

 



donos das palavras pratadanossacasa às 20:53

Camões pretende não só enaltecer os feitos grandiosos dos portugueses, como também alertar a geração sua contemporânea para que não se perdesse o historial heróico da pátria, já que pressentia o declínio no qual Portugal iria mergulhar, causado pelo “baixo amor”, isto é, pela imoralidade e parasitismo que caracterizavam a sociedade sua contemporânea.
      Pessoa alimenta uma busca incessante pela grandeza, com a tónica no carácter espiritual. Se por um lado, a nível geográfico, o que foi perdido está longe de ser recuperado, por outro, é possível a criação de um 5º Império que se destacasse pela sua riqueza cultural.
     Em suma, Camões pretende "cantar o peito ilustre lusitano” e Pessoa, “encontrar uma Índia nova, que não existe no espaço”.  

 

     Carolina Romano Rodrigues dos Santos Ribeiro 12º A



donos das palavras pratadanossacasa às 20:51
Esta é a nossa casa. A prata que lá temos são meninos, não de prata mas de ouro...
Colégio Dom Diogo de Sousa

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

18
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Baú de escritos
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO