Terça-feira, 20 de Abril de 2010

 

Se meus olhos devotos falsidade tão grande sustentarem, que em fogueira de suas lágrimas
morra sem piedade, como hereges passíveis de cegueira. Mais linda que ela! Nunca o sol radiante no mundo todo viu tão bela amante
Romeu in Romeu e Julieta
 
Diz-me o porquê de tanta magia, de todo o amor que cresce no meu peito e o preenche, cada espaço incompleto, cada vala abandonada que me tornava solitária e desconhecedora do amor. Conta-me o segredo de tanta sensibilidade que espalhas no ar, que invade a minha alma e cultiva nela o melhor dos sentimentos, mais puro do que o amor ou paixão, mais do que o conhecido e desvendado, algo novo por ser descrito e interpretado, algo que magoa o peito com tamanha emoção, que invade a mente e nos faz flutuar, viver algo que pensamos nunca poder sentir, a história mil uma vezes contada nos contos que hoje se tornou real, a nossa verdade.
Eu não quero que vás, porque eu simplesmente perco o controlo sempre que foges do meu horizonte, sinto a tua falta quando ouço a tua respiração longe, não consigo viver sem a tua presença na minha mente, personagem principal dos meus sonhos e desejos, que me provoca em mim o arrepio e a explosão da alma que culmina num misto de emoções que percorrem a minha pele e a estremecem.
Sinto-te em mim sempre que acordo e olho o novo hoje, sempre que adormeço e és tu que embalas os meus sonhos e os marcas com a tua presença, silhueta perfeita que me faz desejar-te mais do que o possível e imaginável. Mas tu alcanças o impossível, danças a valsa com a perfeição e mostras-lhe o que ela verdadeiramente é, imagem reflectida do teu sujeito, um ser desenhado e detentor de todas as virtudes existentes.
Não quero perder-te, não quero ver os meus dias sem ti, em que a ausência se torna na minha confidente, guardiã de mil e um segredos sussurrados no silêncio da melancolia, do mundo sem a tua presença tão vital que me traz a vida e me tira a dor que é não te ter.
 
Daniela Martins 11ºB

 
 
 


donos das palavras pratadanossacasa às 20:00
Esta é a nossa casa. A prata que lá temos são meninos, não de prata mas de ouro...
Colégio Dom Diogo de Sousa

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Baú de escritos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO