Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010

 Para Sara Viana

 

 

 

O meu Santo Cálice encheste

Do vinho que de mim bebeste
Em lágrimas o transformaste
Lágrimas de sangue derramaste
 
Nasce uma árvore dolorosamente
Que brota fruto do sofrimento
Eu vivo perdidamente
Com esse doloroso alimento
 
Incomensurável e prazeroso
Ressuscitar do puro
Foi mais belo e gostoso
 
Foi o que me despertou para o imaturo

                               Amor é sofrer

                               Amor é viver

 11ºD


donos das palavras pratadanossacasa às 13:11
Esta é a nossa casa. A prata que lá temos são meninos, não de prata mas de ouro...
Colégio Dom Diogo de Sousa

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


Baú de escritos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO