Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

 

Ser eu sendo tu,

Ser livre estando presa,

Olhar-te não te olhando.

Amar, não amando,

Ter o que não posso.

Sonhar contigo, meu sonho

Fazendo o que faço

Tomando-te como certo

És tudo menos correcto

Estrela que brilhas na minha noite

Imaginação real!

Ter-te é realização

Dedico todos os meus dias a ti

Minha fútil paixão.

 

 

 

                            Maria João Marques 12ºC

 



donos das palavras pratadanossacasa às 11:51
Está excepcional, Maria João. Continua com o bom trabalho. Parabéns.
Anónimo a 4 de Janeiro de 2010 às 22:30

Esta é a nossa casa. A prata que lá temos são meninos, não de prata mas de ouro...
Colégio Dom Diogo de Sousa

Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


Baú de escritos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO